Já: Decisivamente e Irrevogavelmente Livres, Ainda Não: Finalmente e Perfeitamente Livres


O que temos aprendido de Romanos 6 e 7 é que quando confiamos em Cristo como nosso Salvador e Senhor (como nosso Tesouro!), fomos unidos a Cristo (Romanos 6:5; 7:4). Nessa união com Cristo, nós morremos (Romanos 6:8; Colossenses 2:20; 3:3) e ressuscitamos (Romanos 6:4; Colossenses 2:12; Efésios 2:6). Portanto, uma decisiva e irrevogável nova criação veio a existir (2 Coríntios 5:17), e uma decisiva e irrevogável libertação ocorreu (Romanos 6:14, 18). Passamos da morte para a (eterna!) vida. Nosso julgamento decisivo ocorreu no passado – no Gólgota (João 5:24). Nós passamos do domínio das trevas para o Reino do Filho de Deus (Colossenses 1:13).

Mas também aprendemos que nossa libertação do pecado não é final e perfeita. Decisiva e irrevogável, Sim! Mas final e perfeita, Não! O pecado ainda habita em nós (Romanos 7:17, 20). O mal está presente em nós (Romanos 7:21). A “carne” é a perturbação diária de nossas almas (Romanos 7:25). Ainda não somos perfeitos nem obtivemos nossa coroa e prêmio (Filipenses 3:12). Somos mentirosos se dissermos que não temos pecado (1 João 1:8, 10).

Como então o apóstolo Paulo nos ensina a viver? Ele diria: “Você é decisivamente e irrevogavelmente uma nova criatura, então pode navegar pela vida sem lutar para se tornar uma nova pessoa”? Ou ele diria: “Você não é decisivamente e irrevogavelmente uma nova criatura e deve lutar para alcançar lugar em Cristo”? Não, nenhuma dessas. Ele diria: “Pela fé, abrace tudo o que Deus é para o seu bem em Cristo e tudo o que você é para a glória dEle em Cristo. Creia nisso. E agora, com tal confiança, lute para tomar posse do território que Cristo conquistou para você. Lute para se tornar na prática o que você é em Cristo.” Oito ilustrações dessa verdade:

1. Declaração de novidade de vida: Romanos 6:14, “Pois o pecado não os dominará, porque vocês não estão debaixo da lei, mas debaixo da graça.” Mandamento para se tornar uma nova pessoa: Romanos 6:12, “Portanto, não permitam que o pecado continue dominando os seus corpos mortais.”

2. Declaração de novidade de vida: Romanos 6:18, “Vocês foram libertados do pecado e tornaram-se escravos da justiça.” Mandamento para se tornar uma nova pessoa: Romanos 6:19, “Ofereçam-nos agora em escravidão à justiça.”

3. Declaração de novidade de vida: Romanos 6:6, “O nosso velho homem foi crucificado com ele.“ Mandamento para se tornar uma nova pessoa: Romanos 6:11, “Considerem-se mortos para o pecado."

4. Declaração de novidade de vida: Colossenses 3:9, “Vocês já se despiram do velho homem com suas práticas.“ Mandamento para se tornar uma nova pessoa: Efésios 4:22, “... despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos.“

5. Declaração de novidade de vida: Colossenses 3:10, “Vocês se revestiram do novo homem, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador.“ Mandamento para se tornar uma nova pessoa: Efésios 4:24, “Revistam-se do novo homem, criado para ser semelhante a Deus em justiça e em santidade provenientes da verdade.“

6. Declaração de novidade de vida: Gálatas 3:27, “Pois os que em Cristo foram batizados, de Cristo se revestiram.” Mandamento para se tornar uma nova pessoa: Romanos 13:14, “Revistam-se do Senhor Jesus Cristo.”

7. Declaração de novidade de vida: Gálatas 5:24, “Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos.” Mandamento para se tornar uma nova pessoa: Romanos 13:14b, “Não fiquem premeditando como satisfazer os desejos da carne.”

8. Mandamento para se tornar uma nova pessoa: 1 Coríntios 5:7a, “Livrem-se do fermento velho, para que sejam massa nova e sem fermento.” Declaração de novidade de vida: 1 Coríntios 5:7b, “assim como estais sem fermento”.

Firmado na novidade de vida e lutando para me tornar uma nova pessoa – com você,

Pastor John

Thumb author john piper

John Piper (@JohnPiper) is founder and teacher of desiringGod.org and chancellor of Bethlehem College & Seminary. For 33 years, he served as pastor of Bethlehem Baptist Church, Minneapolis, Minnesota. He is author of more than 50 books, including A Peculiar Glory.