Como Ministraremos às Pessoas Depois do Atentado Terrorista ao World Trade Center em 11 de Setembro de 2001?

Na manhã de 11 de setembro de 2001, terroristas sequestraram pelo menos três aviões comerciais e os colidiram contra os 110 andares das torres gêmeas do World Trade Center em Nova Iorque, e contra o Pentágono em Washington. Em cerca de uma hora ambas as Torres desabaram completamente.

Enquanto escrevo, ninguém se atreve a estimar as perdas de vidas. Cinqüenta mil pessoas trabalham nas torres todos os dias, sem mencionar os passageiros nos aviões e outras centenas de pessoas tentando ajudar durante a queda das torres. O impacto pessoal, nacional e econômico é incalculável. A nação está em choque.

Eu escrevi a maior parte do que se segue, em resposta à tragédia de Littleton, no Colorado, em abril de 1999, quando dois estudantes mataram 13 pessoas na Escola de Ensino Médio Columbine e em seguida tiraram a própria vida. A magnitude do ato de ontem é cinco mil vezes o que aconteceu em Littleton. Meu objetivo em escrever a respeito foi principalmente ajudar os presbíteros da minha própria igreja a ministrar para o nosso povo. Eu revisei e novamente o publico, na esperança de que outros possam ser ajudados a amar as pessoas e honrar a Cristo neste momento escuro e pesado de choro e tremor.

O que devemos dizer sobre estes eventos, a fim de honrar a Cristo e ministrar às pessoas para o seu bem? Nossa primeira decisão como uma igreja foi organizar três cultos especiais, com o tema: "Tristeza, Auto-humilhação, e Firme Esperança no nosso Salvador e Rei, Jesus Cristo." Você pode ler no texto que se segue porque todas as três ênfases são cruciais - tristeza, auto-humilhação e firme esperança. Você também vai ver porque é tão importante dizer que Jesus é o Salvador e Rei em momentos como este.

Espero que isto sirva como uma espécie de recurso Bíblico de verdade teológica e cuidado pastoral. Que o Senhor fortaleça suas mãos e coração neste momento crucial de necessidade.

1. Ore. Peça a Deus por Sua ajuda, para você e para aqueles que você deseja ministrar. Peça-Lhe sabedoria, compaixão, força e uma palavra adequadamente escolhida. Peça para que aqueles que estão sofrendo possam olhar para Deus como sua ajuda, esperança, cura e força. Peça que ele faça da sua boca uma fonte de vida.

Tiago 1:5. "E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e não o lança em rosto, e ser-lhe-á dada."

Deuteronômio 32:2. "Goteje a minha doutrina como a chuva, destile a minha palavra como o orvalho, como chuvisco sobre a erva e como gotas de água sobre a relva."

Provérbios 13:14. "A doutrina do sábio é uma fonte de vida para se desviar dos laços da morte."

2. Sinta e expresse empatia para com os mais afetados por este grande mal e pelas grandes perdas; chore com os que choram.

Eclesiastes 3:1. "Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu... Tempo de chorar, e tempo de rir; Tempo de prantear, e tempo de dançar... Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar."

Romanos 12:15. "Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram."

3. Sinta e expresse compaixão pelas circunstâncias trágicas em que tantos entes queridos e amigos perderam mais do que jamais poderiam imaginar.

João 11:33-35. "Jesus pois, quando a viu chorar, e também chorando os judeus que com ela vinham, moveu-se muito em espírito, e perturbou-se. E disse: Onde o pusestes? Disseram-lhe: Senhor, vem, e vê. Jesus chorou."

Lucas 19:41-44. "E, quando ia chegando, vendo a cidade [Jerusalém], chorou sobre ela, dizendo: Ah! se tu conhecesses também, ao menos neste teu dia, o que à tua paz pertence! Mas agora isto está encoberto aos teus olhos. Porque dias virão sobre ti, em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras, e te sitiarão, e te estreitarão de todos os lados; E te derrubarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, pois que não conheceste o tempo da tua visitação."

Lucas 7:11-17. "E aconteceu que, no dia seguinte, ele foi à cidade chamada Naim, e com ele iam muitos dos seus discípulos, e uma grande multidão; E, quando chegou perto da porta da cidade, eis que levavam um defunto, filho único de sua mãe, que era viúva; e com ela ia uma grande multidão da cidade. E, vendo-a, o Senhor moveu-se de íntima compaixão por ela, e disse-lhe: Não chores. E, chegando-se, tocou o esquife; e os que o levavam pararam. E disse: Jovem, a ti te digo: Levanta-te. E o defunto assentou-se, e começou a falar. E entregou-o a sua mãe. E de todos se apoderou o temor, e glorificavam a Deus, dizendo: Um grande profeta se levantou entre nós, e Deus visitou o seu povo. E correu dele esta fama por toda a Judéia e por toda a terra circunvizinha."

4. Tire tempo, se você puder, para dar carinho e atenção aos feridos no corpo e na alma.

Mateus 8:14-15. "E Jesus, entrando em casa de Pedro, viu a sogra deste acamada, e com febre. E tocou-lhe na mão, e a febre a deixou; e levantou-se, e serviu-os."

Marcos 1:40-41. "E aproximou-se dele um leproso que, rogando-lhe, e pondo-se de joelhos diante dele, lhe dizia: Se queres, bem podes limpar-me. E Jesus, movido de grande compaixão, estendeu a mão, e tocou-o."

Lucas 10:30-37. "E, respondendo Jesus, disse: Descia um homem de Jerusalém para Jericó, e caiu nas mãos dos salteadores, os quais o despojaram, e espancando-o, se retiraram, deixando-o meio morto. E, ocasionalmente descia pelo mesmo caminho certo sacerdote; e, vendo-o, passou de largo. E de igual modo também um levita, chegando àquele lugar, e, vendo-o, passou de largo. Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão; E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem, e cuidou dele; E, partindo no outro dia, tirou dois dinheiros, e deu-os ao hospedeiro, e disse-lhe: Cuida dele; e tudo o que de mais gastares eu to pagarei quando voltar. Qual, pois, destes três te parece que foi o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores? E ele disse: O que usou de misericórdia para com ele. Disse, pois, Jesus: Vai, e faze da mesma maneira."

5. Afirme a promessa de que Deus vai sustentar e ajudar aqueles que se lançam sobre Ele por misericórdia e confiam em sua graça. Ele vai fortalecê-los para os dias impossíveis pela frente apesar de toda a escuridão.

Salmos 34:18. "Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito."

Isaías 41:10. "Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça."

Salmos 23:4. "Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam."

2 Coríntios 1:3-4. "Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação; Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus."

2 Coríntios 1:8-9. "Porque não queremos, irmãos, que ignoreis a tribulação que nos sobreveio na Ásia, pois que fomos sobremaneira agravados mais do que podíamos suportar, de modo tal que até da vida desesperamos. Mas já em nós mesmos tínhamos a sentença de morte, para que não confiássemos em nós, mas em Deus, que ressuscita os mortos."

6. Afirme que Jesus Cristo experimentou a hostilidade dos homens e soube o que é ser torturado injustamente, abandonado, e ter que suportar uma perda esmagadora, e, em seguida, ser morto, de modo que ele agora é o compassivo mediador entre nós e Deus.

Hebreus 4:15-16. "Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado [ou "testado" o que traz uma implicação mais ampla!], mas sem pecado. Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno ."

Isaías 53:3-6. "Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum. Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos."

7. Declare que este assassinato foi uma grande atrocidade, e que a ira de Deus se acende grandemente contra a destruição arbitrária da vida humana, criada à sua imagem.

Êxodo 20:13. "Não matarás."

Gênesis 9:5-6. "Certamente requererei o vosso sangue, o sangue das vossas vidas; da mão de todo o animal o requererei; como também da mão do homem, e da mão do irmão de cada um requererei a vida do homem. Quem derramar o sangue do homem, pelo homem o seu sangue será derramado; porque Deus fez o homem conforme a sua imagem."

Deuteronômio 29:24-25. "E todas as nações dirão: Por que fez o SENHOR assim com esta terra? Qual foi a causa do furor desta tão grande ira? Então se dirá: Porquanto deixaram a aliança do SENHOR Deus de seus pais, que com eles tinha feito, quando os tirou do Egito."

8. Reconheça que Deus tem permitido um grande surto de pecado contra a Sua vontade revelada, e que não sabemos todas as razões por que Ele permitiria algo do tipo, já que estava em seu poder detê-lo.

Deuteronômio 29:29. "As coisas encobertas pertencem ao SENHOR nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei."

Romanos 11:33-36. "Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! PORQUE QUEM COMPREENDEU A MENTE DO NOSSO SENHOR? OU QUEM FOI SEU CONSELHEIRO? OU QUEM LHE DEU PRIMEIRO A ELE, PARA QUE LHE SEJA RECOMPENSADO? Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém."

9. Expresse a verdade de que Satanás é uma sólida realidade no universo, e que ele conspira com nosso próprio pecado, a carne e o mundo para ferir as pessoas e levá-las a ferir a outros, porém enfatize que Satanás está sob o controle de Deus.

Jó 1:6, 12, 21-22, 2:6-10. "E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles... E disse o SENHOR a Satanás: Eis que tudo quanto ele tem está na tua mão; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do SENHOR... [Depois de perder todos os seus bens e seus dez filhos Jó disse] Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o SENHOR o deu, e o SENHOR o tomou: bendito seja o nome do SENHOR. Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma... [Depois de um segundo encontro no céu] E disse o SENHOR a Satanás: Eis que ele está na tua mão; porém guarda a sua vida. Então saiu Satanás da presença do SENHOR, e feriu a Jó de úlceras malignas, desde a planta do pé até ao alto da cabeça... Então sua mulher lhe disse: Ainda reténs a tua sinceridade? Amaldiçoa a Deus, e morre. Porém ele lhe disse: Como fala qualquer doida, falas tu; receberemos o bem de Deus, e não receberíamos o mal?"

Jó 42:2, 11. "Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido... Então vieram a ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele pão em sua casa, e se condoeram dele, e o consolaram acerca de todo o mal que o SENHOR lhe havia enviado."

Lucas 22:31-32. "Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos."

2 Coríntios 12:7-9. "E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim. E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo."

Compare as duas seguintes perspectivas sobre a causa da morte de Jesus.

Lucas 22:3-4. "Entrou, porém, Satanás em Judas, que tinha por sobrenome Iscariotes, o qual era do número dos doze. E foi, e falou com os principais dos sacerdotes, e com os capitães, de como lho entregaria."

Atos 4:27-28. "Porque verdadeiramente contra o teu santo Filho Jesus, que tu ungiste, se ajuntaram, não só Herodes, mas Pôncio Pilatos, com os gentios e os povos de Israel; Para fazerem tudo o que a tua mão e o teu conselho tinham anteriormente determinado que se havia de fazer."

10. Expresse que esses terroristas se rebelaram contra a vontade revelada de Deus e não amaram a Deus ou confiaram nEle ou encontraram nEle seu refúgio, força e tesouro, mas desprezaram os Seus caminhos e a Sua Pessoa.

2 Tessalonicenses 3:1-2. "No demais, irmãos, rogai por nós... para que sejamos livres de homens dissolutos e maus; porque a fé não é de todos."

Gálatas 5:6. "Porque em Jesus Cristo nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum; mas sim a fé que opera pelo amor."

Gálatas 5:16. "Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne."

Tiago 4:1-4. "De onde vêm as guerras e pelejas entre vós? Porventura não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam? Cobiçais, e nada tendes; matais, e sois invejosos, e nada podeis alcançar; combateis e guerreais, e nada tendes, porque não pedis. Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites. Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus."

11. Uma vez que a rebelião contra Deus foi o que motivou este ato de assassinato, temamos tal rebelião em nossos próprios corações, afastemo-nos dela e abraçemos a graça de Deus em Cristo, e renunciemos aos mesmos impulsos que causaram esta tragédia.

Provérbios 3:5-6. "Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te apóies no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas."

Salmos 9:10. "Em ti confiarão os que conhecem o teu nome; porque tu, SENHOR, nunca desamparaste os que te buscam."

Salmos 56:3. "Em qualquer tempo em que eu temer, confiarei em ti."

12. Mostre aos vivos as importantes questões sobre o pecado e o arrependimento em nossos próprios corações e a urgente necessidade de estar em paz com Deus, através da misericordiosa provisão de perdão em Cristo, para que um destino pior do que a morte não venha sobre nós.

Lucas 13:1-5 "E, Naquele mesmo tempo, estavam presentes ali alguns que lhe falavam dos galileus, cujo sangue Pilatos misturara com os seus sacrifícios. E, respondendo Jesus, disse-lhes: Cuidais vós que esses galileus foram mais pecadores do que todos os galileus, por terem padecido tais coisas? Não, vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis. E aqueles dezoito, sobre os quais caiu a torre de Siloé e os matou, cuidais que foram mais culpados do que todos quantos homens habitam em Jerusalém? Não, vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis"

Apocalipse 9:18-21. "[Por julgamento de Deus] por estes três foi morta a terça parte dos homens, isto é pelo fogo, pela fumaça, e pelo enxofre, que saíam das suas bocas... E os outros homens, que não foram mortos por estas pragas, não se arrependeram das obras de suas mãos, para não adorarem os demônios, e os ídolos... E não se arrependeram dos seus homicídios, nem das suas feitiçarias, nem da sua prostituição, nem dos seus furtos."

Apocalipse 16:8-9. "E o quarto anjo derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe permitido que abrasasse os homens com fogo. E os homens foram abrasados com grandes calores, e blasfemaram o nome de Deus, que tem poder sobre estas pragas; e não se arrependeram para lhe darem glória"

13. Lembre que mesmo os que crêem em Cristo podem ser mortos como esses milhares que estavam em Nova Iorque e Washington, mas isso não significa que eles foram abandonados por Deus ou que não foram amados por Deus, mesmo naquelas horas agonizantes de sofrimento. O amor de Deus domina mesmo através de calamidades.

Romanos 8:35-39. "Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: 'POR AMOR DE TI SOMOS ENTREGUES À MORTE TODO DIA; SOMOS REPUTADOS COMO OVELHAS PARA O MATADOURO.' Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor"

14. Mescle tristeza e choro sincero com confiança inabalável na bondade e soberania de Deus, que governa sobre e através do pecado e dos planos de pessoas rebeldes.

Lamentações 3:32-33. "Embora ele traga tristeza, mostrará compaixão, tão grande é o seu amor infalível. Porque não é do seu agrado trazer aflição e tristeza aos filhos dos homens."

Gênesis 45:7. [José diz a seus irmãos que em pecado o venderam ao Egito] "Pelo que Deus me enviou adiante de vós, para conservar vossa sucessão na terra, e para guardar-vos em vida por um grande livramento."

Gênesis 50:20. [José diz a seus temerosos irmãos] "Vós bem intentastes mal contra mim; porém Deus o intentou para bem, para fazer como se vê neste dia, para conservar muita gente com vida. "

Outro textos a respeito da absoluta soberania de Deus sobre todas as coisas: Efésios 1:11; Isaías 46:9-10; Lamentações 3:37; Amós 3:6; Provérbios 16:33; Êxodo 4:11; 1 Samuel 2:6-7; 2 Samuel 12:15-18; João 9:2-3; Tiago 4:15; 1 Pedro 3:17; 4:19; Mateus 10:29.

15. Confie em Deus e Sua habilidade de fazer o humanamente impossível, em te fazer passar por este pesadelo e, de alguma forma incompreensível, disso trazer bons frutos.

Romanos 8:28. "E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito."

Lamentações 3:21-24. "Disto me recordarei na minha mente; por isso esperarei. As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade. A minha porção é o SENHOR, diz a minha alma; portanto esperarei nele."

2 Coríntios 1:8-9. "Porque não queremos, irmãos, que ignoreis a tribulação que nos sobreveio na Ásia, pois que fomos sobremaneira agravados mais do que podíamos suportar, de modo tal que até da vida desesperamos. Mas já em nós mesmos tínhamos a sentença de morte, para que não confiássemos em nós, mas em Deus, que ressuscita os mortos;"

2 Coríntios 4:17. "Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;"

16. Explique no momento certo, quando eles tiverem a capacidade de pensar com clareza, que um dos mistérios da grandeza de Deus é que Ele ordena que algumas coisas aconteçam, das quais Ele proíbe e desaprova.

O exemplo mais claro é a Sua ordem de que Seu Filho fosse morto.

Atos 4:27-28. "Porque verdadeiramente contra o teu santo Filho Jesus, que tu ungiste, se ajuntaram, não só Herodes, mas Pôncio Pilatos, com os gentios e os povos de Israel; Para fazerem tudo o que a tua mão e o teu conselho tinham anteriormente determinado que se havia de fazer."

Veja o apêndice entitulado "Existem Duas Vontades em Deus? Eleição Divina e o Desejo de Deus de que Todos Sejam Salvos," no livro "Os Prazeres de Deus" (Multnomah, 1991; edição aumentada, 2000).

17. Expresse a sua apreciação pessoal pela soberania de Deus como fundamento de toda sua esperança ao enfrentar as impossibilidades humanas na vida. Até mesmo o comprimento das promessas da nossa salvação e preservação, feitas na Nova Aliança, dependem da soberania de Deus sobre a rebeldia da vontade humana.

Marcos 10:24. "E os discípulos se admiraram destas suas palavras; mas Jesus, tornando a falar, disse-lhes: Filhos, quão difícil é, para os que confiam nas riquezas, entrar no reino de Deus! É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus. E eles se admiravam ainda mais, dizendo entre si: Quem poderá, pois, salvar-se? Jesus, porém, olhando para eles, disse: Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis."

Jeremias 32:40. "E farei com eles uma aliança eterna de não me desviar de fazer-lhes o bem; e porei o meu temor nos seus corações, para que nunca se apartem de mim."

Hebreus 13:20-21. "Ora, o Deus de paz, que pelo sangue da aliança eterna tornou a trazer dos mortos a nosso Senhor Jesus Cristo, grande pastor das ovelhas, vos aperfeiçoe em toda a boa obra, para fazerdes a sua vontade, operando em vós o que perante ele é agradável por Cristo Jesus, ao qual seja glória para todo o sempre. Amém."

18. Considere a Deus como o seu único e duradouro tesouro, porque Ele é a única coisa segura e estável no universo.

Salmos 73:25-26. "Quem tenho eu no céu senão a ti? e na terra não há quem eu deseje além de ti. A minha carne e o meu coração desfalecem; mas Deus é a fortaleza do meu coração, e a minha porção para sempre."

19. Lembre a todos que o viver é Cristo e o morrer é ganho.

Filipenses 1:21-23. "Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho... Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor."

2 Coríntios 5:7-9. "Porque andamos por fé, e não por vista. Mas temos confiança e desejamos antes deixar este corpo, para habitar com o Senhor. Pois que muito desejamos também ser-lhe agradáveis, quer presentes, quer ausentes."

20. Ore para que Deus incline os corações deles para a Palavra, abra os seus olhos para as suas maravilhas, una os seus corações em temor a Ele e satisfaça-os com o Seu amor.

Salmos 119:36. "Inclina o meu coração aos teus testemunhos, e não à cobiça."

Salmos 119:18. "Abre tu os meus olhos, para que veja as maravilhas da tua lei."

Salmos 86:11. " Une o meu coração ao temor do teu nome."

Salmos 90:14. "Farta-nos de madrugada com a tua benignidade, para que nos regozijemos, e nos alegremos todos os nossos dias."

21. No momento certo soe a trombeta de que todas estas boas novas, são movidas por Deus para nos libertar a um radical e sacrificial serviço em favor da salvação de homens e a glória de Cristo. Ajude-os a ver que uma das mensagens de toda essa dor é para mostrar que a vida é curta e frágil, porém seguida pela eternidade e que as insignificantes ambições humanas são trágicas.

Atos 20:24. "Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus."

Tito 2:14. "[Cristo] O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras."

Filipenses 1:21. "O viver é Cristo."

©2014 Desiring God Foundation. Used by Permission.

Permissions: You are permitted and encouraged to reproduce and distribute this material in its entirety or in unaltered excerpts, as long as you do not charge a fee. For Internet posting, please use only unaltered excerpts (not the content in its entirety) and provide a hyperlink to this page. Any exceptions to the above must be approved by Desiring God.

Please include the following statement on any distributed copy: By John Piper. ©2014 Desiring God Foundation. Website: desiringGod.org