O Pastor John Está Apaixonado por Sua Esposa?

Eu fui inspirado a escrever isto, primeiro, por causa da série de mini sermões à qual estou me dedicando agora sobre casamento e, segundo, por ouvir à mensagem online de minha esposa sobre o que ela aprendeu com sua mãe. Que mensagem incrível! Se você quer uma carga pesada de sabedoria prática para sua família, e baús cheios de conhecimento sobre o tipo de mulher com quem eu me casei, e uma visão ampla do que deu forma à família Piper durante os últimos trinta e oito anos, ouça esta mensagem. Tem aproximadamente quarenta minutos de duração, e é construída com base nas memórias registradas em uma colcha que ela e suas oito irmãs fizeram para seus pais no seu aniversário de casamento de quarenta anos. Eu não pude me desligar da mensagem.

Agora, o que dizer do título do sermão: Continuar Casado Não Depende de Continuar Apaixonado qual o problema em estar colocar muita expectativa nisto que este conceito vago. vago como uma fotografia imprecisa emba a linha entre apaixonado e n vaga. se eu estou por no isto um teste. voc decide.

1) Quando ela sai, eu sinto falta dela — não somente porque eu posso me cansar de comer cereal (exceto pelo fato de que pessoas boas nos trazem coisas), mas também porque existe um vazio na cozinha, e na sala de estar, e no carro, e na cama, e no ar.

2) Quando o meu dia de descanso chega, todas as semanas na segunda-feira, eu quero fazer algo especial com ela. Reconhecidamente não muito especial. Eu só quero estar com ela. Old Country Buffet. (Falando sério — pessoas reais e tudo-o-que-você-possa-comer, para dois, por quinze dólares. É uma experiência cultural!) Famous Dave's. (Aonde mais você pode ter espiga de milho em Janeiro?) Jogar Scrabble. (Ela quase sempre ganha.) Passeio à beira do rio no verão? Uma longa noite sentados na mesma sala de leitura. O ponto é: eu gosto de estar com ela em todas essas coisas.

3) Eu sou sexualmente atraído por ela. Lembre-se que eu estou lhe dando um teste para que você julgue se eu estou apaixonado. Deus tem sido muito bom para mim dando me olhos somente para Noël. A questão não é que eu não seja tentado a olhar para outras direções. O ponto é que eu não sou agora, e nunca fui nos últimos quarenta anos, atraído por nenhuma outra mulher. Eu nunca precisei anular uma atração emergente por outra mulher. Nunca houve nenhuma. Na verdade, eu disse a Noël que Deus construiu, há muito tempo, uma escolta em nosso relacionamento que o simples pensamento de estar envolvido de maneira romântica com outra mulher me deixa fisicamente enjoado — quase como que da mesma maneira que eu ficaria se considerasse relacionamento homossexual. Não me parece uma virtude. Parece refluxo ácido. (Aquele que pensa estar em pé, cuide para que não caia. Eu vou cuidar.) Ela é tudo o que sempre me atraiu. E ainda tem atraído.

4) A admiração de Noël é singularmente importante para mim. Existem milhares de pessoas que pensam que John Piper não é admirável por todas os tipos de razões — grita muito em suas pregações, é muito radical, dogmático, julgador, muito conservador, misógino, hipócrita, orgulhoso, não separatista o suficiente, muito separatista, pós-tribulacionista, hedonista, batista, simpatizante carismático, subjetivista, tolera bateria, usa linguagem questionável, recluso, muito sério — para começar. Isto é importante para mim — algumas dessas coisas. Mas o que Noël pensa do que eu sou e do que eu faço é singularmente importante. Eu preferiria ter sua aprovação e louvor com milhares de e-mails de desaprovação do que o contrário.

Porém, as coisas não são como costumavam ser. Eu posso me lembrar de como foi a primeira vez que demos as mãos em 1966. Não foi uma coisa pequena. Foi romântico e sexual. Hoje, nós ainda damos as mãos. Freqüentemente, é um sinal de trégua. Eu estou cansado de ficar zangado e quero que as coisas voltem a ser boas. Em outros tempos, isso significava: estou feliz porque você está comigo enquanto eu vou ao médico. Em outros tempos: Deus foi bom ao me dar você. É diferente. O fruto amadureceu. Não tem mais o mesmo cheiro fresco. Está rugoso e usado, com pele grossa. Quando você vive através do fogo, o fruto tem que desenvolver uma pele muito grossa para proteger seu interior vital e suculento.

Diferente dos primeiros dias de apaixonado, a vida é extremamente prática. Nós conversamos muito sobre os aspectos práticos do lar, do trabalho e dos filhos. O relacionamento tem um grande componente de negócios. Este lar foi como uma pequena empresa: cinco filhos para criar, comida para preparar, carro para manter, saúde para cuidar, roupas para comprar e limpar, educação para planejar e pagar, amizades para cultivar, ministério para conduzir, dinheiro para gerenciar, etc. O romance não domina este relacionamento como o fez no início.

Nós sabemos tudo o que há para se saber sobre as falhas um do outro. Falhas passadas. Falhas presentes. Não existe mais idealização. Casamento é um negócio arriscado e não deveria ser iniciado sem uma enorme confiança na soberania de Deus. Se o texto é verdadeiro (o que ele é), "Ambos estavam nus e não se envergonhavam" (Genesis 2:25), então o tempo já passou há muito na história do mundo, e em nosso casamento, quando a libertação da vergonha está baseada em não ter do que se envergonhar. isto é verdade — Deus tornou isso mais e mais verdadeiro! — pelo amadurecimento da graça.

No final, o evangelho de Cristo crucificado por maridos e esposas pecadores é o fundamento do nosso casamento. É aqui onde vemos graça. É aqui onde recebemos graça. É aqui onde aprendemos a dar graça. Crescer em receber a graça e em compartilhar a graça é a maneira pela qual estamos sendo movidos em direção ao dia em que Cristo será tudo em todos, e não se casarão nem se darão em casamento (Mateus 22:30). É um precioso presente enquanto o temos. É uma penosa e feliz escola para o céu. Eu sou grato pela minha esposa. E eu estou comprometido por toda a vida. Se eu estou apaixonado? Você decide.

Pastor John

©2014 Desiring God Foundation. Used by Permission.

Permissions: You are permitted and encouraged to reproduce and distribute this material in physical form, in its entirety or in unaltered excerpts, as long as you do not charge a fee. For posting online, please use only unaltered excerpts (not the content in its entirety) and provide a hyperlink to this page. For videos, please embed from the original source. Any exceptions to the above must be approved by Desiring God.

Please include the following statement on any distributed copy: By John Piper. ©2014 Desiring God Foundation. Website: desiringGod.org