É o Zelo pelo Bem Louvado ou Perseguido?

Meditação em 1 Pedro 3:13-16

(13) Quem é o que vos fará mal, se fordes zelosos do bem?

Cristãos deveriam ser "zelosos do bem". Você pode fazer algo bom por alguém? Pode ajudá-los? Você pode mudar algo mal e torná-lo bom? Então faça isto. E faça isto com zêlo!

Se você será prejudicado? No final das contas, não. "Se Deus é por nós, quem será contra nós?" (Romanos 6:31). "O Senhor é o meu ajudador, e não temerei o que me possa fazer o homem." (Hebreus 13:6). "Não se vendem cinco passarinhos por dois ceitis? E nenhum deles está esquecido diante de Deus. Não temais os que matam o corpo e, depois, não têm mais que fazer... E até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais pois; mais valeis vós do que muitos passarinhos."(Lucas 12:6,4,7).

(14a) Mas também, se padecerdes por amor da justiça, sois bem-aventurados.

Sim, haverá oposição, mesmo que sejais zelosos pelo que é bom e reto. Mas nunca esqueça das bem-aventuranças: "Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus" (Mateus 5:10).

(14b-15a) E não temais as suas ameaças, nem vos turbeis; antes santificai em vossos corações a Cristo como Senhor.

Você trata com respeito o que você teme. Então se acovardar em medo diante de homens é o oposto de se curvar em reverência diante do Senhor da glória.

(15b) Estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a todo aquele que vos pedir a razão da esperança que há em vós.

Porque eles perguntariam sobre a esperança? Porque a ânsia por felicidade no coração humano é tão forte que a única explicação para nossa disposição de sofrer por amor a justiça deve ser alguma esperança do outro lado. Isto é exatamente o que Jesus disse: "Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus" (Mateus 5:12). A esperança sustenta o zelo pelo bem durante a perseguição. Pessoas sabem disso intuitivamente.

(16) Tendo uma boa consciência, para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, fiquem confundidos os que blasfemam do vosso bom porte em Cristo.

Existe um atraso entre a boa obra e o reconhecimento da obra como boa pelos nossos oponentes. Primeiro eles "insultam" a nossa obra. Algum tempo depois eles são "envergonhados". Quanto tempo depois? Talvez não até o julgamento algumas pessoas verão as coisas como elas realmente são. Mas para alguns talvez mais cedo.

"Tendo o vosso viver honesto entre os gentios; para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, glorifiquem a Deus no dia da visitação, pelas boas obras que em vós observem." (1 Pedro 2:12) Assim, por um tempo eles nos caluniarão como malfeitores. Mas depois glorificarão a Deus pelas mesmas boas obras que eles, um dia, insultaram.

O que faz a diferença? Uma consciência limpa e uma resposta gentil e reverente.

Você tem zelo por alguma causa? Por qual coisa boa você tem sido mal falado? Ou a sua rotina é tão inofensiva neste mundo que vai bem com o jeito que as coisas andam?

Orando por mais zelo pelo que é bom,

Pastor John

©2014 Desiring God Foundation. Used by Permission.

Permissions: You are permitted and encouraged to reproduce and distribute this material in its entirety or in unaltered excerpts, as long as you do not charge a fee. For Internet posting, please use only unaltered excerpts (not the content in its entirety) and provide a hyperlink to this page. Any exceptions to the above must be approved by Desiring God.

Please include the following statement on any distributed copy: By John Piper. ©2014 Desiring God Foundation. Website: desiringGod.org