Vamos Provar a Doçura da Soberania

Nos seus primeiros dois anos na Índia, William Carey não recebeu nenhuma carta. Durantes seus primeiros sete anos, ele não teve convertidos. A imprensa britânico-indiana disse que “papistas” teriam chegado ao invés de “batistas.” Depois de dezenove anos de trabalho, o fogo destruiu seus preciosos manuscritos de um dicionário poliglota, a gramática Sikh e Telugu e dez versões da Bíblia. Ele teve um incidente e ficou coxo até o final. Ele perdeu duas mulheres em morte. E ele nunca foi para casa—por 41 anos.

O que o manteve indo? Fé inacreditável na soberana bondade de Deus.

Quando deixei a Inglaterra, minha esperança na conversão da Índia era muito forte; mas diante de muitos obstáculos, morreria, se não mantida por Deus. Então, eu tenho Deus, e sua Palavra é verdadeira. Mesmo que superstições dos pagãos fossem mil vezes mais fortes do que eles, o exemplo dos europeus mil vezes pior; mesmo que eu fosse desertado por todos e perseguido por todos, ainda minha fé, fixada naquela certeira Palavra, iria crescer através de qualquer obstáculos e sobressair qualquer julgamento. A causa de Deus vai triunfar.

Quando ele viu o fogo ardente e sem chamas que destruiu seu trabalho, lágrimas encheram os seus olhos e ele disse,

Em uma curta noite o trabalho de anos foi consumido. Quão inescrutáveis são os caminhos de Deus! . . . O Senhor me humilhou para que eu olhe mais simples para ele.

Por que ele não se enfureceu com Satanás por ter destruído a Palavra de Deus e o trabalho de Deus de anos? Porque ele aprendeu a verdade de Tiago 4:13-16:

Vem agora, você que diz, “Hoje ou amanhã nós iremos para tal e tal cidade e passar um ano lá e faremos negócios e lucraremos. . . . Ao invés, deve dizer, “se for a vontade do Senhor, nós viveremos e faremos isso ou aquilo.” Da maneira que é, você se vangloria em sua arrogância. Tal vanglória é maligna.

No final é Deus quem decide se você viverá ou morrerá amanhã. É Deus quem decide se o trabalho da sua vida vai acabar em cinzas ou na história, ou (como William Carey) ambos.

E Deus é bom! Quando a tragédia acontece, você pode dizer com Carey, "Quão inescrutáveis são os caminhos de Deus!" Mas você precisa nunca — nunca</ em>— duvidar sua bondade.

Você já ouviu falar da firmeza de Jó, e você já viu o propósito do Senhor, como o Senhor é compassivo e misericordioso (Tiago 5:11)

Carey subiu dos seus joelhos e "olhou mais simplesmente para Cristo", e no final de sua vida, ele disse: "Eu quase não tive um desejo insatisfeito." Ele escreveu seu próprio epitáfio: "Em Teus braços gentis eu caio."

Já caindo lá com você,

Pastor John

©2014 Desiring God Foundation. Used by Permission.

Permissions: You are permitted and encouraged to reproduce and distribute this material in its entirety or in unaltered excerpts, as long as you do not charge a fee. For Internet posting, please use only unaltered excerpts (not the content in its entirety) and provide a hyperlink to this page. Any exceptions to the above must be approved by Desiring God.

Please include the following statement on any distributed copy: By John Piper. ©2014 Desiring God Foundation. Website: desiringGod.org