Como e Por Que Estou Tuitando

Vejo dois tipos de respostas às mídias sociais da Internet como blogs, MySpace, Facebook, Twitter, e outras.

Uma diz: Essas mídias tendem a diminuir a capacidade de atenção, enfraquecer o raciocínio discursivo, atrair as pessoas para longe das Escrituras e da oração, romper relacionamentos, alimentar os focos do narcisismo, atender a ânsia de atenção, encher o mundo com bobagem, diminuir a capacidade da alma por grandeza e nos faz pessoas de personalidade fraca que comentam sobre a vida, quando deveríamos estar vivendo-na. Então, boicote-as e escreva livros (não blogs) sobre o problema.

A outra resposta diz: Sim, há uma verdade nisso tudo, mas ao invés de boicotar, tente preencher essas mídias com o tanto de indicadores da verdadeira grandeza que sejam provocativos, sensatos, saturados de Bíblia, piedosos, relacionais, exaltadores de Cristo, guiados pela verdade, sérios e criativos que você puder.

Juntamente com a equipe no Satisfação em Deus, me inclino a resposta #2. "Inclinar" é diferente de "saltar". Estamos cientes que o meio de comunicação tende a moldar a mensagem. Tem sido assim, mais ou menos, com toda nova mídia que surge — língua, desenho, escrita, impressão, livros, revistas, jornais, folhetos, filmes de 16mm, flanelógrafo, cinerama, filmes, TV, rádio, fitas cassete, Stereo 8, quadros-negro, quadros-branco, retroprojeção, PowerPoint, fantoches, drama, faixas, CDs, MP3s, frases no céu, vídeos, mensagens de texto, blogs, tweets, pombos correios, etc.

Riscos, riscos por toda parte. Sim. Mas nos parece que esforços agressivos para saturar uma mídia com a supremacia de Deus, a verdade das Escrituras, a glória de Cristo, a alegria do evangelho, a insanidade do pecado e a natureza radical do viver cristão é uma boa escolha para alguns cristãos. Não para todos. Todo mundo deveria se abster de algumas dessas mídias. Por exemplo, nós não temos uma televisão.

Essa é a minha opinião geral em relação a mídia.

Agora, e quanto ao Twitter? Eu considero o Twitter como um tipo de provocação: "Tudo bem, amante da verdade, veja o que você pode fazer com 140 caracteres! Você diz que sua missão é espalhar uma paixão pela supremacia de Deus em todas as coisas! Bem, esta é uma daquelas 'todas as coisas.' Você consegue engrandecer a Cristo com esta quantidade mínima de letras?"

A isso, eu respondo:

O Senhor soberano da terra e dos céus
Faz passar camelos pelo fundo de uma agulha
E se sua sabedoria ver que cabe,
Ele colocará mundos dentro de um tweet.

Assim, não estou inclinado a tuitar que às 10 horas o gato derrubou as cortinas. Mas isso pode me lembrar que o Leão de Judá vai arregaçar os céus como roupa, e assoprar o sol como uma vela, porque ele simplesmente acendeu a luz. Aquele tweet pode distrair alguém da pornografia e fazê-lo olhar para cima.

Estou tuitando anonimamente por um mês principalmente para testar seus efeitos espirituais e familiares em mim. Apesar de todos os riscos, parece um risco que vale a pena correr. "Tudo foi criado por meio de Cristo e para Cristo" (Colossenses 1:16). O mundo não sabe disso, mas é por isso que o Twitter existe e é por isso que eu publico tweets.

Pela sua graça e para sua glória,

Pastor John

©2014 Desiring God Foundation. Used by Permission.

Permissions: You are permitted and encouraged to reproduce and distribute this material in physical form, in its entirety or in unaltered excerpts, as long as you do not charge a fee. For posting online, please use only unaltered excerpts (not the content in its entirety) and provide a hyperlink to this page. For videos, please embed from the original source. Any exceptions to the above must be approved by Desiring God.

Please include the following statement on any distributed copy: By John Piper. ©2014 Desiring God Foundation. Website: desiringGod.org