Como e Por Que Estou Tuitando

Vejo dois tipos de respostas às mídias sociais da Internet como blogs, MySpace, Facebook, Twitter, e outras.

Uma diz: Essas mídias tendem a diminuir a capacidade de atenção, enfraquecer o raciocínio discursivo, atrair as pessoas para longe das Escrituras e da oração, romper relacionamentos, alimentar os focos do narcisismo, atender a ânsia de atenção, encher o mundo com bobagem, diminuir a capacidade da alma por grandeza e nos faz pessoas de personalidade fraca que comentam sobre a vida, quando deveríamos estar vivendo-na. Então, boicote-as e escreva livros (não blogs) sobre o problema.

A outra resposta diz: Sim, há uma verdade nisso tudo, mas ao invés de boicotar, tente preencher essas mídias com o tanto de indicadores da verdadeira grandeza que sejam provocativos, sensatos, saturados de Bíblia, piedosos, relacionais, exaltadores de Cristo, guiados pela verdade, sérios e criativos que você puder.

Juntamente com a equipe no Satisfação em Deus, me inclino a resposta #2. "Inclinar" é diferente de "saltar". Estamos cientes que o meio de comunicação tende a moldar a mensagem. Tem sido assim, mais ou menos, com toda nova mídia que surge — língua, desenho, escrita, impressão, livros, revistas, jornais, folhetos, filmes de 16mm, flanelógrafo, cinerama, filmes, TV, rádio, fitas cassete, Stereo 8, quadros-negro, quadros-branco, retroprojeção, PowerPoint, fantoches, drama, faixas, CDs, MP3s, frases no céu, vídeos, mensagens de texto, blogs, tweets, pombos correios, etc.

Riscos, riscos por toda parte. Sim. Mas nos parece que esforços agressivos para saturar uma mídia com a supremacia de Deus, a verdade das Escrituras, a glória de Cristo, a alegria do evangelho, a insanidade do pecado e a natureza radical do viver cristão é uma boa escolha para alguns cristãos. Não para todos. Todo mundo deveria se abster de algumas dessas mídias. Por exemplo, nós não temos uma televisão.

Essa é a minha opinião geral em relação a mídia.

Agora, e quanto ao Twitter? Eu considero o Twitter como um tipo de provocação: "Tudo bem, amante da verdade, veja o que você pode fazer com 140 caracteres! Você diz que sua missão é espalhar uma paixão pela supremacia de Deus em todas as coisas! Bem, esta é uma daquelas 'todas as coisas.' Você consegue engrandecer a Cristo com esta quantidade mínima de letras?"

A isso, eu respondo:

O Senhor soberano da terra e dos céus
Faz passar camelos pelo fundo de uma agulha
E se sua sabedoria ver que cabe,
Ele colocará mundos dentro de um tweet.

Assim, não estou inclinado a tuitar que às 10 horas o gato derrubou as cortinas. Mas isso pode me lembrar que o Leão de Judá vai arregaçar os céus como roupa, e assoprar o sol como uma vela, porque ele simplesmente acendeu a luz. Aquele tweet pode distrair alguém da pornografia e fazê-lo olhar para cima.

Estou tuitando anonimamente por um mês principalmente para testar seus efeitos espirituais e familiares em mim. Apesar de todos os riscos, parece um risco que vale a pena correr. "Tudo foi criado por meio de Cristo e para Cristo" (Colossenses 1:16). O mundo não sabe disso, mas é por isso que o Twitter existe e é por isso que eu publico tweets.

Pela sua graça e para sua glória,

Pastor John

©2014 Desiring God Foundation. Used by Permission.

Permissions: You are permitted and encouraged to reproduce and distribute this material in its entirety or in unaltered excerpts, as long as you do not charge a fee. For Internet posting, please use only unaltered excerpts (not the content in its entirety) and provide a hyperlink to this page. Any exceptions to the above must be approved by Desiring God.

Please include the following statement on any distributed copy: By John Piper. ©2014 Desiring God Foundation. Website: desiringGod.org