Por que Jesus não foi intimidado por Pilatos?

Por que Jesus não foi intimidado por Pilatos?

Pondere comigo a lição da autoridade de Pilatos sobre Jesus.

Disse-lhe, pois, Pilatos: “Não me falas a mim? Não sabes tu que tenho poder para te crucificar e tenho poder para te soltar?” Respondeu Jesus: “Nenhum poder terias contra mim, se de cima não te fosse dado; mas aquele que me entregou a ti maior pecado tem.” (João 19.10-11)

A autoridade de Pilatos para crucificar Jesus não intimidou Cristo.

Por que não?

Não era porque Pilatos estava mentindo. Não era porque ele não tinha autoridade para crucificar Jesus. Ele tinha. Sua autoridade não intimidou Jesus porque era derivada. Jesus disse: “se de cima não te fosse dado “. Isso significa que ela era realmente autoritativa. Nada menos. Então por que não era algo intimidante? Pilatos não apenas tinha autoridade para matar Jesus. Mas ele tinha autoridade dada por Deus para matá-lo.

Isso não intimida Jesus porque a autoridade de Pilatos sobre Jesus é subordinada à autoridade de Deus sobre Pilatos. Jesus está confortado naquele momento não porque a vontade de Pilatos é fraca, mas porque a vontade de Pilatos é guiada. Não porque Jesus não está nas mãos terríveis de Pilatos, mas porque Pilatos está nas mãos do Pai de Jesus.

Isso significa que nosso conforto não vem da falta de poder dos nossos inimigos, mas da soberania de nosso Pai reinando sobre o poder deles. Esse é o assunto de Romanos 8.25-37. Tribulação, angústia, perseguição, fome, nudez, perigo e espada não podem separar-nos de Cristo porque “em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou” (Romanos 8.35-37).

Pilatos (e todos os adversários de Jesus – e os nossos) intentavam o mal. Mas Deus intentou para o bem (Gênesis 50.20). Todos os inimigos de Jesus reuniram-se com sua autoridade dada por Deus “para fazerem tudo o que a tua mão e o teu conselho tinham anteriormente determinado que se havia de fazer ” (Atos 4.28). Eles pecaram. Mas, por meio de seu pecado, Deus salvou.

Portanto, não seja intimidado por adversários que podem apenas matar o corpo. Não somente porque isso é tudo que eles podem fazer (Lucas 12.4), mas também porque é feito sob a mão vigilante de seu Pai.

Não se vendem cinco passarinhos por dois ceitis? E nenhum deles está esquecido diante de Deus.E até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais pois; mais valeis vós do que muitos passarinhos. (Lucas 12.6-7)

Pilatos tem autoridade. Herodes tem autoridade. Os soldados têm autoridade. Satanás tem autoridade. Mas nenhum deles é independente. A autoridade de todos é derivada. Todos estão subordinados à vontade de Deus. Não temas. Você é preciso para seu Pai soberano. Bem mais precioso que os pássaros inesquecíveis.

John Piper (@JohnPiper) is founder and teacher of desiringGod.org and chancellor of Bethlehem College & Seminary. For 33 years, he served as pastor of Bethlehem Baptist Church, Minneapolis, Minnesota. He is author of more than 50 books.