Como matar o pecado (parte 2)

"E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça. E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita. Assim pois, irmãos, somos devedores, não à carne para viver segundo a carne. Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados." Romanos 8:10-17

Duas semanas atrás, eu dirigi a nossa atenção para os versículos 12 e 13, e tentei responder a uma questão. Estes versos dizem: "Assim, pois, irmãos," – veja que o "assim então" decorre da gloriosa verdade no versículo 11 que os nossos corpos mortais vão ser ressuscitado dos mortos pelo Espírito de Deus, de modo que nós podemos desfrutar de Deus para sempre como ele nos criou para sermos, corpo e alma - ". Assim pois, irmãos, somos devedores, não à carne [aquele antigo e rebelde ser] para viver segundo a carne" - você não deve nada a carne, a não ser inimizade e guerra. Ela está tentando matá-lo desde o dia em que você nasceu. Não junte forças com seu inimigo e pague pela sua própria destruição, cedendo a carne. Você não é um devedor a carne.

Agora ele continua no versículo 13: "Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis." Você não deve nada a carne. Você deve tudo ao Espírito de Deus. Ele vai fazer com que você viva na ressurreição (vers. 11); e a perseverança que você precisa para alcançar a ressureição e ter a vitória sobre os seus pecados vem "pelo Espírito". "se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis." Se você tentar sobreviver como um cristão de qualquer outra forma que não seja "pelo Espírito", você não vai sobreviver. Você vai morrer. O que eu tentei mostrar na última vez é que esta ameaça é real e a demanda de lutar é muito importante.

Até que você acredite que a vida é guerra – e que o que está em jogo é a sua alma - você provavelmente só irá jogar com o cristianismo sem seriedade, sem vigilância, sem paixão e sem mentalidade de guerra. Se é assim que você está, esta manhã, a sua posição é muito precária. O inimigo tem embalado você no sono ou em uma mentalidade de paz, como se nada de grave estivesse em jogo. E Deus, em sua misericórdia, trouxe você aqui esta manhã, e escolheu esse sermão para acordá-lo e colocá-lo em posição de guerra.

Jesus disse em Mateus 11:12 "E, desde os dias de João o Batista até agora, se faz violência ao reino dos céus, e pela força se apoderam dele." Você quer entrar no reino dos céus? Tome-o violentamente! Mas violência contra quem - ou contra o quê? Ouça a resposta de Jesus: "Se a tua mão ou o teu pé te faz tropeçar, corta-a e lança-o de ti; que é melhor para você entrar na vida aleijado ou coxo, do que, tendo duas mãos ou dois pés, ser lançado para o fogo eterno" (Mateus 18:8). Você quer entrar na vida? Toma-o violentamente. Corte sua mão ou seu pé se for preciso para livrar-se de tropeçar. Essa é uma imagem do tipo mais radical de assalto contra o nosso próprio pecado. Não os pecados dos outros – os nossos pecados.

Coloque isso em cima de Romanos 8:13: “se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis." Você quer entrar na vida? Você quer viver? Torne-se violento. Obtenha uma mentalidade de guerra. Pare de fazer a paz com ouvidos, olhos, línguas, mãos e pés que traem você como Judas, e que vão para o lado do inimigo e se tornam instrumentos de pecado e fazem guerra contra a sua alma. Mate os atos de seu corpo.

A guerra violenta da Vida Cristã

Ed Welch, em preparação para seu livro chamado Um Banquete no Túmulo (Presbiteriana Reformada & Publishing, 2001), disse:

. . . há um caminho maldoso para o auto-controle autêntico. . . Auto-controle não é para os tímidos. Quando queremos crescer nele, nós não apenas nutrimos uma exuberância por Jesus Cristo, nós também exigimos de nós mesmos um ódio pelo pecado. . . . A única atitude possível para desejos fora-de-controle é uma declaração de guerra total. . . . Há algo sobre a guerra que aguça os sentidos. . . Ouvir o estalo de um galho ou o farfalhar das folhas e você está em modo de ataque. Alguém tosse e você está pronto para puxar o gatilho. Mesmo depois de dias de pouco ou nenhum sono, a guerra mantém-nos vigilantes.

Há um caminho maldoso e violento na verdadeira vida cristã! Mas é uma violência contra quem, ou o quê? Não às outras pessoas. É uma violência contra todos os impulsos em nós de sermos violentos contra as outras pessoas. É uma violência contra todos os impulsos em nós mesmos que fariam paz com nosso próprio pecado e instalariam uma mentalidade de paz. É uma violência contra toda a luxúria em nós mesmos, e os desejos escravizantes por comida, cafeína, açúcar, chocolate, álcool, pornografia, dinheiro, a glória dos homens, aprovação dos outros, poder ou fama. É a violência contra os impulsos de nossa própria alma como o racismo e indiferença em relação a injustiça, a pobreza e ao aborto.

Cristianismo não é uma religião que se contenta em viver em paz com este mundo. Se pelo Espírito, você matar os feitos de seu próprio corpo, você vai viver. O cristianismo é guerra. Contra nossos próprios impulsos pecaminosos.

Então, vamos trabalhar sobre este assunto um pouco mais nesta manhã. Eu disse que há três questões ainda por responder?

  1. O que são "os feitos do corpo" que estamos matando?
  2. O que matá-los significa? O que é este matar?
  3. Como você faz isso "pelo Espírito"? O que significa "pelo Espírito" significa?

1. O que são "os feitos do corpo" que estamos matando?

Paulo está retomando aqui o que ele tinha dito em Romanos 6. Então vamos lá nos lembrar de algumas coisas. Tome três versos para lançar luz sobre Romanos 8:13. Primeiro, Romanos 6:13, "Nem tampouco apresenteis os vossos membros [o vosso corpo] ao pecado por instrumentos de iniqüidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça." Quais são, então "os feitos do corpo" que devem morrer? São as ações que estamos prestes a fazer (e você deve matá-las antes que elas aconteçam), quando nossos corpos são "instrumentos de injustiça."

Segundo, Romanos 6:12, "Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências;" Quando o corpo mortal é levado cativo pelo pecado e é obrigado a obedecer a luxúria, e então aí podemos ver as "obras da carne", que devem ser postas à morte.

Terceiro, Romanos 6:6, "o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado." Cito este versículo para lembrá-lo da verdade importante e distinta do cristianismo sobre matar as ações pecaminosas do corpo, ou seja, em união com Jesus Cristo pela fé, você já está morto para o pecado e vivo para Deus, e o que você está fazendo quando mata as obras do corpo é fazer na prática, o que já foi feito por você, em Cristo. "o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito". Quando Cristo morreu, nós morremos também se estamos unidos a Ele pela fé. E nós morremos com ele, para que possamos demonstrar esta morte, matando as obras pecaminosas do corpo. E porque nós já temos a vitória, então podemos ter sucesso em nossa violência contra o pecado! Ele quebra o poder do pecado cancelado. Nós só podemos matar o pecado que já está morto quando nós fomos mortos em Cristo. Este é o cristianismo, não é um auto-aperfeiçoamento moral.

Portanto, a resposta para a primeira pergunta: "Quais são as obras do corpo, em Romanos 8:13?" São as obras que estão prestes a serem realizadas pelo pecado,luxúria, ou injustiça. O pecado é mais profundo do que as obras. As obras são o instrumento do pecado. E quando os nossos corpos estão prestes a por em práticas as obras do pecado nós colocamos em ação a morte. Nesta guerra contra nós mesmos, os traidores são condenados à morte.

2. O que é matar?

A resposta é que você sufoca os atos pecaminosos do corpo. Você corta a linha da vida, o fluxo de sangue. As obras do corpo surgem de algum lugar. Jesus disse: "Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem. Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias. São estas coisas que contaminam o homem; mas comer sem lavar as mãos, isso não contamina o homem.” Mateus 15:18-20. Atos pecaminosos têm uma linha de vida que deve ser cortada.

Em outras palavras, é uma condição do coração que dá origem aos "feitos do corpo." É uma questão do coração. Devemos cortar as mãos e arrancar os olhos, não literalmente mas com esse tipo de trabalho violento do coração. Você mata o fruto mau, cortando a raiz ruim.

Qual é a raiz ruim dos "feitos do corpo"? Você pode ver isso em Romanos 8:7. " Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser.” Romanos 8:7 A raiz dos "feitos do corpo" que precisa de ser morta é a carne que é hostil contra Deus, e sem vontade e incapaz de se submeter a ele. Versículo 13: " Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis;" A carne é o grande inimigo aqui. E é um inimigo porque ele é insubordinado e hostil a Deus. Ele não gosta de Deus e não quer ser receber ordens sobre o que deve fazer.

Então, para matar "os feitos do corpo" que este inimigo produz, você tem que cortar a linha da vida. Aperte o tubo de ar. Parar o fluxo de sangue. As obras devem ser mortas antes que elas aconteçam, cortando a raiz de hostilidade e insubordinação que rejeita Deus.

3. Como você faz isso "Pelo Espírito"?

Vamos chegar a resposta, seguindo três etapas, cada uma com um texto diferente.

Primeiro passo: mantenha a sua mente nas coisas do espírito

Etapa # 1. Note que em Romanos 8:5-6 como Paulo fala da carne e do Espírito (o mesmo par ele contrasta aqui em verse13): " Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. (mantém suas mentes nas coisas do Espírito) Porque a inclinação da carne é morte; (como o versículo 13 diz!) mas a inclinação do Espírito é vida e paz.(como o verso 13b diz)." Então, o primeiro passo para a resposta é esta: mortificar as obras do corpo pelo Espírito envolve que você mantenha a mente nas coisas do Espírito, Vocão não pode simplesmente olhar para a tentação e dizer NÃO. Você faz isso mas se você irá matá-lo pelo Espírito, você tem que fazer mais: você dirige sua mente, seu coração, seu foco espiritual em outra direção, ou seja, para as "coisas do Espírito."

Segundo passo: mantenha a sua mente sobre a Palavra de Deus e as realidades que elas representam

Etapa # 2. O que são "as coisas do Espírito"? Se nós vamos fixar as nossas mentes e corações, na hora da tentação, de modo a matar o pecado, o que devemos olhar? Aqui o texto fundamental é 1 Coríntios 2:13-14, onde Paulo fala sobre o seu próprio ensino como as palaveas inspiradas por Deus. Este é o único outro lugar no Novo Testamento, onde essa frase: "coisas do Espírito" é usada. Ele fala de suas revelações como esta: “As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina... (14) Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente."

Então, aqui "as coisas do Espírito" são as palavras de Deus faladas pelos apóstolos. A partir disso, eu faço a inferência de que quando Romanos 8:06 diz que "os que são segundo o Espírito cogitam das coisas do Espírito", ele quer dizer que eles se fixaram nas palavras de Deus e as realidades que elas representam. Estas são as "coisas do espírito" que a pessoa natural rejeita, e a pessoa espiritual abraça. Então, matar as obras do corpo "segundo o Espírito" é "fixar a sua mente sobre as coisas do Espírito", o que agora entendemos que significa aceitar as palavras de Deus (e da realidade que elas apontam) faladas por seus porta-vozes inspirados.

Isto é especialmente importante porque a "palavra de Deus" é chamada de "espada do Espírito" em Efésios 6:17. E as espadas são usadas para matar. E é isso que estamos fazendo "pelo Espírito" em Romanos 8:13. Mate os feitos do corpo pelo Espírito, isto é, fixando sua mente sobre "as coisas do Espírito", isto é, acolher e abraçar a "palavra de Deus" em sua mente e coração, isto é, tomando a espada do Espírito, que é a espada mortal que mata o pecado.

Etapa três: pelo ouvir com fé, e não obras da lei

Etapa # 3. De forma prática o que você faz para trazer o poder do Espírito, pela palavra de Deus, com o vigor para matar o pecado? A resposta é clara em Gálatas 3:5: “Aquele, pois, que vos dá o Espírito, e que opera maravilhas entre vós, fá-lo pelas obras da lei, ou pela pregação da fé?” A resposta é que o Espírito é fornecido a nós, para miraculosamente e poderosamente matar o pecado, não por obras da lei, mas pelo "ouvir com fé".

Por que ele diz "pelo ouvir com fé", em vez de apenas "pela fé"? Para enfatizar que o que a fé ouve, recebe e abraça é algo ouvido, ou seja, "a palavra de Deus", que é a espada do Espírito, que mata o pecado.

Como ele faz isso? Bem, vamos guardar isso para um próximo sermão quando eu voltar. Mas não estamos impotentes nesta manhã. O que estamos dizendo é que quando a tentação vem, juntamente com um “NÃO!” muito poderoso e firme, você deve olhar para a palavra de Deus, especialmente para uma palavra que promete que vai ser mais para nós e fazer mais por nós do que o que este pecado promete. E se você acreditar nela – esta é a batalha principal - você vai cortar a raiz do pecado.

Então mergulhe sua mente e coração na fonte da verdade, da vida e do poder - as promessas de Deus, e quando a tentação vier, tome esta palavra totalmente satisfatória, esta espada do Espírito, e creia nela, e por ela corte a raiz do pecado. Mate-o.

©2014 Desiring God Foundation. Used by Permission.

Permissions: You are permitted and encouraged to reproduce and distribute this material in its entirety or in unaltered excerpts, as long as you do not charge a fee. For Internet posting, please use only unaltered excerpts (not the content in its entirety) and provide a hyperlink to this page. Any exceptions to the above must be approved by Desiring God.

Please include the following statement on any distributed copy: By John Piper. ©2014 Desiring God Foundation. Website: desiringGod.org