O Dom de Profecia do Novo Testamento

Definição, Teses e Sugestões

Teses

  1. Ainda é válido e útil para a igreja hoje. Esta é a clara implicação de 1 Coríntios 13:8-12 e Atos 2:17-18.
  2. É uma expressão solicitada e sustentada pelo Espírito, que tem sua raiz em uma revelação verdadeira (1 Coríntios 14:30), mas é falível porque a percepção da revelação pelo profeta, e seu raciocínio sobre a revelação, e relato da revelação são todos falíveis. É portanto similar ao dom de ensino, o qual é solicitado pelo Espírito, sustentado pelo Espírito, enraizado em uma revelação infalível (a Bíblia), e ainda assim é falível, mas muito útil à igreja.
  3. Ela não tem uma autoridade equivalente à Escritura, pois a Escritura é verbalmente inspirada, não somente solicitada e sustentada pelo Espírito. As próprias palavras dos autores bíblicos são as palavras de Deus (1 Coríntios 2:13; 2 Timóteo 3:16). Isto não é verdade sobre as palavras que vêm do "dom de profecia."
  4. O dom de profecia do Novo Testamento é uma "terceira categoria" de expressão profética entre as categorias 1) discurso inspirado verbalmente, intrinsecamente oficial, infalível discurso falado pelos semelhantes de Moisés, Jesus e os apóstolos; e 2) o discurso de falsos profetas falado presunçosamente, sem inspiração e passível de condenação (Deuteronômio 18:20). Essas duas categorias (absolutamente infalível versus falso) não esgotam todo o ensino bíblico sobre profecia.

Definição

A profecia nesta "terceira categoria" (o dom de profecia do Novo Testamento) é, de maneira regulada, uma 1 mensagem ou relato em palavras humanas2geralmente feito aos crentes reunidos3 baseado em uma revelação espontânea, pessoal do Espírito Santo4 com o propósito de edificação, encorajamento, consolo, convicção e direção5 mas não necessariamente livre de uma mistura de erro humano, e portanto necessitado de assistência6 com base no ensinamento apostólico (Bíblico)7 e sabedoria espiritual madura.8

Sugestões Práticas

  1. Reconhecer a completa soberania de Deus em livremente distribuir dons a quem ele quer (1 Coríntios 12:11; Hebreus 2:4).
  2. Reconhecer que nem todos se tornarão profetas (1 Coríntios 12:29).
  3. Desejar seriamente este dom (1 Coríntios 14:1,5,39). Orar por isso (1 Coríntios 14:13).
  4. Ser grato pelo dons que tem; usá-los ao máximo; alegrar-se no fato de que outros são diferentes de você; e evitar todo ciúme (1 Coríntios 12:14-29).
  5. Fazer do amor o seu alvo em todas as coisas; compreender que o amor é o grande milagre e o mais seguro sinal da bênção de Deus; crescer mais e mais em direção à maturidade bíblica sólida, estável (1 Coríntios 14:1,12,26,37; 2:14).
  6. Reunir a coragem para falar com ousadia sobre o que crê (com mais ou menos confiança) pode ser dada a você pelo Senhor em encontros voltados para esta expressão menos estruturada (1 Coríntios 14:26).
  7. Ter modestas expectativas de que a profecia não será tomada como uma palavra da Escritura, mas como uma palavra humana impelida pelo Espírito, a ser pesada pela Escritura, e por sabedoria espiritual madura. Para uma profecia ser aceita como válida ela deve encontrar um eco nos corações de pessoas espiritualmente maduras. Ela deve ser confirmada por uma compreensão biblicamente saturada. E ela deve encontrar ressonância nos corações e mentes daqueles que têm a mente de Cristo e são dirigidos por sua paz. (1 Tessalonicenses 5:19-21; Colossenses 1:9; 3:15; Efésios 5:15-17; Romanos 12:1-2; Filipenses 1:9-10).

    1 1 Coríntios 14:32
    2
    1 Coríntios 14:3,29; Atos 21:4,11
    3
    1 Coríntios 14:4
    4 1 Coríntios 14:30; Lucas 7:39; 22:64; João 4:19
    5 1 Coríntios 14:3, 24-25; Atos 21:4; 16:6-10
    6 1 Tessalonicenses 5:19-20; 1 Coríntios 14:29
    7 1 Coríntios 14:36-38; 2 Tessalonicenses 2:1-3
    8 Colossenses 1:9

    ©2014 Desiring God Foundation. Used by Permission.

    Permissions: You are permitted and encouraged to reproduce and distribute this material in its entirety or in unaltered excerpts, as long as you do not charge a fee. For Internet posting, please use only unaltered excerpts (not the content in its entirety) and provide a hyperlink to this page. Any exceptions to the above must be approved by Desiring God.

    Please include the following statement on any distributed copy: By John Piper. ©2014 Desiring God Foundation. Website: desiringGod.org